11 junho 2008

Aleja's Lifestile - Dia dos Namorados


Andale, andale (fazia tempo que eu não escrevia isso)! Dia dos namorados, data comercial cachorra inventada por alguém que tinha que fazer média com a patroa. É dia de provar que o seu amor é maior que o do outros fazendo exatamente aquilo que todos os outros casais vão fazer, se acotovelar para entrar num restaurante mais bacaninha e depois ir pra fila do motel. Ah, o amor... pra quê provar todo dia que você ama uma pessoa se tem um dia específico do ano pra fazer isso?
Sei lá, essa coisa de namoro é meio estranha, tem um amigo meu que diz que a religião salvou ele. Antes de “encontrar Jesus”, ele tinha 3 namoradas ao mesmo tempo. Depois que ele virou religioso, se casou com uma crente e é fiel (à Deus e à esposa). Moral da história: Ser “salvo” é um conceito muito subjetivo. Sempre me lembro daquele cara que declarou que só quando casou é que descobriu o que era felicidade, mas aí já era tarde, ele já tinha casado.
Mas voltando ao dia dos namorados. Como dar um presente? Você dá o presente, aí se a sua namorada gostar, ela acha que o presente é bom porquê é proporcional à quantidade de guampas que ela levou. Se ela não gostar, aí a casa cai de vez. Aliás, vocês sabem que o dia dos namorados bate o dia das mães em volume de vendas? É, é que mãe só tem uma...
E eu que estava aqui lendo o post do ano passado sobre o dia dos namorados (O texto é bem mais engraçado que esse) e me dei conta do salto amoroso que a minha vida deu nesse ano. Outro dia eu tava passando na rua e uma moça que tava parada na esquina com roupas bastante provocantes disse que pra mim ela até fazia um desconto. Uau! Foi o ápice da minha vida amorosa! Antes disso, meu auge tinha sido uma cantada que eu e um amigo meu levamos de um grupo de gays.
Enfim, feliz dia dos namorados pra quem tem. E pra quem não tem, deixo uma frase do Tenessee Williams:
"A vacuum is a hell of a lot better than some of the stuff that nature replaces it with."

8 comentários:

záver disse...

E a idéia de se vestir de coração para abraçar os pombinhos?
Não esquece do rapaz aquele(o primo não sei qual) que disse que tu parecias um modelo (não disse modelo de que...).
Já dizia o Seu (não meu) Jorge: É isso aí...

__YuRi_KuN__ disse...

veja pelo lado bom: uma cantada é uma cantada. quem decide se ela vai ser efetiva é quem recebeu. ^^ hehe
sinta-se valorizado xD
abraçoooo
e parabens pelas tirinhas

Luiz Augusto disse...

Sobre a tirinha (que ficou muito boa!):

"A vingança nunca é plena, mata a alma e envenena!" :p

Sobre a cantada (essa é literal):

"Deixa os bofes, as gurias que vão pro infeeeerno!!!"

Thiago disse...

nem tudo está perdido Tio Odigo. Uma dá desconto e outros te fazem de graça. De castidade tu não morre!
=]

raquel alberti disse...

o negócio é amanhã, odigo. igreja de sto antonio do partenon, pãozinho bento e aquela novena básica de treze terças-feiras. diz que é garantido!

Anônimo disse...

Muito bom!!!Tudooo!
Dei boas risadas!
Bjs
maria helena

Diogo disse...

por sinal alguem já prestou atenção como é a festa de santo antônio? um bando de dezenas de homens carregam um "mastro", um tronco de carnaúba, por nao sei que trajeto. dae colocam o mastro "ereto" no chão e as mulheres tem que botar a mão nele e rezar pra arranjar marido. e algumas falavam na reportagem coisas sobre o mastro de tal duplo sentido que eu to com vergonha de digitar! mas não falha!!

Renan disse...

Cara, muito engraçado! Muito bom, mesmo! Abração