18 setembro 2012

Teste de Revista


Sempre achei engraçada essa coisa de definir a sexualidade das pessoas através de gostos que não tem a ver com sexo. Tipo "gostar de tal música é coisa de gay", ou "gostar de tal filme é coisa de gay". Sei lá, é como escreveu um conhecido homossexual o outro dia no twitter: "Eu gosto de ler a revistinha do Wolverine, será que sou heterossexual inrustido?". Acho que se você é realmente seguro da sua sexualidade, essas coisas não importam.
Isso sem falar em testes de revista (muito comuns na internet também). O que as pessoas sabiam sobre si mesmas antes de inventarem esses testes?

11 comentários:

Priscila Boltão disse...

Nossa, tava pensando nisso hoje. É meio absurdo. Meu sobrinho (13 anos!) dia desses falou que "é meio óbvio, agora que sei, que Dumbledore é gay... ele gosta de tricô" e eu fiquei tipo "WTF?". É óbvio que ele é gay porque ele era apaixonado por outro homem, não porque ele gosta disso ou daquilo, uai.

Jean Okada disse...

Já vi uma garota que desconfiava que o namorado era gay porque ele gostava de tomar chá antes de dormir.

Fex disse...

Quem precisa de teste de qualquer tipo pra descobrir se é gay provavelmente é e só precisa de um jeito de contar a si mesmo.

Digo Freitas disse...

Cara, ótima tira!
O brasileiro tem essa mania hipócrita de classificar a todos como gays só porque não vazam suor, pelos e feromônios de certas coisas que fazemos, vemos ou participamos.
Não gosta de futebol? Gay.
Não gosta de carros? Gay.
Não gosta de cerveja? Gay.
Gosta de política? Gay.

douglas julio roque vettore disse...

Verdade absoluta, nossa mania de rotular as pessoas, confesso que já cometi esse erro, assim como fui vítima, por exemplo, eu gosto de escrever poesias, já fui excrachado como gay em razão disso.

Fabio disse...

To vendo que alguém está indignado com algum desses testes. "Você gosta de desenhar?" "Você tem inclinação para a arte?" hahahaha

Leleu de Ouro Preto disse...

Cara.. é desse jeito mesmo: minha tia desconfiava que o filho dela era gay só porque ele namorava outros homens... peraí... peraí... Oh, my God... (PS: fatos reais...)

Só uma observação?
"Não gosta de futebol? Gay.
Não gosta de carros? Gay.
Não gosta de cerveja? Gay.
Gosta de POLÍTICA? Gay."

Pô, Diego... gostar de Política??? Forçou a amizade. Quem é que gosta disso??? Acho que é igual a gostar de bater um prego no dedão do pé...

Leleu de Ouro Preto disse...

Aliás: DIGO, e nao Diego... mals aih...

Marinho... disse...

Nunca gostei de futebol. Nunca tive paciência para assistir um jogo até o fim.
Faço faculdade de artes.
Com isso, já são dois pontos que as pessoas classificam como gay.
Manias comportamentais são empurradas goela abaixo na sociedade e elas aceitam com naturalidade. Nada pensam sobre isso.

Gostei muito da tira, Rodrigo Chaves. Gosto muito do seu blog.
Um abraço!

Fex disse...

Eu voto em zumbis ciborgues radioativos fundamentalistas especuladores da Bolsa.

hello disse...

Good super blogos sohbet & sohbet & sohbet