25 junho 2007

Robo Escarlate contra as Amazonas Venusianas Ep. 4


É isso aí, como diria um amigo meu que era caolho:

"Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer;

É um não querer mais que bem querer;
É solitário andar por entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É cuidar que se ganha em se perder;

É querer estar preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É ter com quem nos mata lealdade.

Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade,
Se tão contrário a si é o mesmo Amor?"

Luís de Camões

Escrever o que depois disso? Só que o Robô é da escola do Mário (que Mário?) Quintana:

"Quiseste expor teu coração a nu...
E assim, ouvi-lhe todo o amoroso enleio.
Ah, pobre amigo, nunca saibas tu
Como é ridículo o amor... alheio..."

Mário Quintana

Ah, mas tem um poema que descreve a situação de estar apaixonado que é imbatível!

"Eu fico pelado no quarto vendo a sua foto
Parece uma grande bobagem,
mas é o que eu faço quando estou de porre
e eu tô de porre"

Wander Wildner

O amor é lindo!
Fui

9 comentários:

Luiz Augusto disse...

HUAHUAHUAUHA!!! COMANDOU O BATATAL DO ALÉM!!!

Luiz Augusto disse...

Ah, mas tem um q é imbatível:

O amor é uma flor rouxa;
Que nasce no coração dos trouxa...

BLABLEBLIBLOBLARGH!

raquel alberti disse...

o robô tbm é fã do wander? :)

Davy Jones disse...

I KEEP THE BOY, NINETY-NINE SOULZZZZAH!

Giovana disse...

Eu quero uma camiseta estampada com o quadrinho do dia Junho 14, 2007, Quinta-feira.!!!!!
De preferencia em setembro, na minha chegada.
Brigadinha.

thi.martini disse...

é o amor... que mexe com a tua cabeça e te deixa assim....

i´m back.

fãzoca do MQ disse...

Mariozinho Quintana está a revirar-se na tumba! Favor corrigir o final do segundo verso da quadra citada antes que ele mesmo levante-se e venha fazê-lo!

Luiz Augusto disse...

ÃO ÃO ÃO, ATUALIZAÇÃO!

fãzoca do MQ disse...

Gracias pela correção. Não foi tão difícil, viu?