04 outubro 2011

Aleja's Lifestyle - Piadas Culturais

Se você não entendeu nenhuma das piadas do Aleja, não tem problema, você é uma pessoa normal.
Se você entendeu as piadas dos três primeiros quadrinhos, me mande o seu telefone que eu vou te ligar para conversar... às 3 da manhã.
Se você entendeu e riu de todas as piadas do Aleja, você quer casar comigo?

35 comentários:

Anônimo disse...

Foi mal Aleja, mas já tô casada com seu irmão mineiro. :S

Priscila Boltão disse...

Caso hahaha
Achei que só eu fazia esse tipo de piada que deixa pessoas com cara de "hein?"

Mas ó, vou guardar essa do retrato pra uma próxima, foi boa.
:)

Anônimo disse...

A melhor é a última!

Matheus M. Franco disse...

A melhor é a última!
----
Claro, foi a única que todos vão entender hahahaha.
PEGADINHA DO MALANDRO! IÉIÉ!
É como a musica das "Gaiola das Cabeçudas" onde eles parodiam as musicas de funk e botam um monte de pensador. Hahahaha.

Neo disse...

No primeiro quadrinho está "As vezes eu solto uma QUE outra piada..." é isso mesmo?

Abraços

Anônimo disse...

1. retrato de dorian grey
2. a streetcar named desire
3. não sei
4. sérgio malandro

deABREU disse...

a crase está errada, no último painel.
é "às vezes".

não saquei a referência do segundo painel, só

Rodrigo Chaves disse...

Opa,
Valeu deABREU, já consertei o erro.

Colombiano disse...

Acertei três (ou duas e meia, não tenho certeza da piada do Proust, e a da Stella não faço idéia), que que eu ganho? =D

Leonardo Maciel disse...

Só nunca li dorian grey.

O resto eu entendi!

Bruna disse...

Estou aberta ao pedido de casamento.

Dorian Stanley Marcel Sérgio disse...

Só para esclarecer, "um que outro", "umas que outras", pelo visto, são parte do dialeto "porto-alegrês" conforme exaustivamente estudado pelo Luís Augusto Fischer, linguista e prof. de Literatura na UFRGS, que já publicou dois dicionários sobre nosso falar. Pois é, tô me dando conta que esses regionalismos tb fazem parte das citações do Aleja...
Em tempo, Aleja: não tenho o menor interesse na tua proposta.

Neo disse...

É, eu disconhecia esse termo "uma que outra", só tinha ouvido "um ou outro", "uma ou outra".

Sorry

Bibi disse...

óh que rendeu... rsrsrsr

Thaïs Gualberto disse...

Eu entendi a primeira, a segunda eu já vi a Elaine de Seinfeld imitando, mas não sei a que se refere e a terceira eu definitivamente boiei. Meu chute é que Madeleine seja a musa inspiradora de Proust. ;P
Ah, me responde, o Crumb é uma influêcia pra você? Seu traço me lembrou o dele.

Rodrigo Chaves disse...

Thaïs,
Sim, o Crumb é uma influência para mim. Outro desenhista que tem um desenho be hachurado (quer dizer "bastante riscado", no jargão dos desenhistas) que eu gosto muito é o Joe Sacco. Mas tem vários desenhistas que me influenciaram e influenciam. Uma hora dessas eu tento listar todos.
Abraço

TebhSpekman disse...

Hahahahaha MUITO BOA!
Sei que to sumida mas estava de mudança (alias ainda estou no processo e sem muito acesso a internet) Mas senti falta daqui..
Bem, não posso me casar com vc pois já sou muito bem casada com meu Aleja particular hahahahahaha

Abração!

Anônimo disse...

Engraçada demais essa tira.
Beijinhos, Sara.

Anônimo disse...

não.... não quero casar contigo.... a não ser que leve pra um jantar romantico e discuta relação...

abs
Jõazinho Tripé....

Leleu de Ouro Preto disse...

Huashuashuashusa. Excelente!!! Eu sou professor de física e dou aula para outros cursos (normalmente engenharia)... ninguém entende minhas piadas tb... por que será???

sugestão freudiana disse...

Os alunos que não riem das piadas devem ser obrigados a ler e resenhar Der Witz und seine Beziehung zum Unbewussten, do nosso amado Sigmund. Cura garantida!

JuKiara disse...

Enquanto lia, aconteceu o seguinte:
- "o que tem de mais dizer isso?!" para o primeiro quadrinho;
-"kkkkkkkk - riso quase descontrolado, para o segundo quadrinho!"
-"heheh não foi a melhor, mas é uma boa referência"..
.. e ..

MMmmmeu Deus, eu entendi tudo, será que sou normal?

Bruno Campelo disse...

Ih, não entendi a da "madeline". Nada de casamento pra mim.

Digo disse...

A primeira e a última rs

O Retrato de Dorian Gray eu nem consegui ler, "gray" demais pro meu gosto, mas a minha namorada viu o filme e me contou a história.........

sinceridade disse...

cá para nós, ler ler mesmo palavra por palavra do começo ao fim, duvidêodó que todos os que aqui comentaram que entenderam tenham lido (ou será que estou julgando os outros por mim? mas cá para nós, só a Recherche são 7 volumes, mais de 3.500 páginas...me poupem...) Mas é aquela coisa, a gente tem um lustrinho cultural e sabe do que se trata, pelo menos já ouviu falar, cultura tipo assim "dá para o gasto", como dizia vovó...

Hiena disse...

ta bom que não é facil achar alguem que entenda as piadas. Mas essas 3 até que sao populares. =P

Anônimo disse...

Não faça isso o que tem de doida pra casar não tá no gibi...
Olha que tem homem querendo estrelinha só por ter entendido a piada.

stephers disse...

Entendi todas \o/! E às vezes eu também faço umas citações assim e as pessoas, como são educadas, só me fazem uma pokerface mesmo.

Rubens disse...

Eu só entendi a primeira... e a última, claro!

Wiccalaura disse...

Olha entendi as três piadas! Ri de todas (particularmente amo Dorian Grey, foi a minha preferida), mas não posso me casar com você... Mas até que topo um papo às três da manhã ok?

Lívia G. disse...

Acho que já fiz a piada do quadrinho algumas vezes na minha vida... Até hoje ninguém entendeu...
Pior que ri de todas! kkkkkkkkkk
Acho que a mais engraçada mesmo foi a do gluglu pq foi inesperado!
^^

Anônimo disse...

Entendi tudo, mas nao quero casar com vc

jessie disse...

só entendi as duas primeiras
adorei a primeira, mas não seria um quadro no sótão?


WTF a última?

....(você realmente disse isso pra alguém?)

Ronaldo disse...

Na ordem:

1º O Retrato de Dorian Grey, embora no original o retrato fique no sótão;
2º Um Bonde Chamado Desejo;
3º Marcel Proust, em seu livro Em Busca do Tempo Perdido, cita as madeleines (um tipo de biscoito) numa parábola sobre a memória e as lembranças.
4º Os estranhos barulhos que o Sérgio Malandro faz pra tentar ser engraçado.

Em tempo: fiquei conhecendo o Contratempos Modernos há pouco tempo, por um link no Mentirinhas, e gostei muito. As tirinhas são engraçadas e inteligentes e o traço lembra muito o do Robert Crumb.
Ah, e agradeço, mas dispenso o pedido de casamento.

Kelen Yoru disse...

Deuses... E pensar que levei quase um ano para entender que o último se referia ao Sérgio Malandro...