22 dezembro 2006

Outro dia aconteceu uma muito boa.
Eu estava lendo o livro “O que é Pós-Moderno”, do Jair Ferreira dos Santos (livro que me fez escrever aquele texto sobre o Natal na semana passada) e enxergava eu e todo mundo que eu conheço no que ele denomina de“massa pós-moderna”. Fiquei chocado.... frito e mexido. Sei lá, mas eu não acho bom ser chamado de consumista, fragmentado, flexível nas idéias e nos costumes, conformista, sem ideais e seduzido pelo mass media, querendo espetáculo com bens de consumo e serviços ao invés de poder.
Então entrei no msn e encontrei um amigo meu.

Amigo: Opa, tudo bem?
Eu: Bah, tô lendo um livro que tá me fazendo sentir uma merda. E tu?
Amigo: Tô uma merda tbm. Que livro?

(segue uma discussão sobre a merda que é ser pós-moderno)

Eu: Tá, eu estou mal por causa da condição humana pós-moderna, e tu?
Amigo: briguei com a minha namorada....

Puts, tem alguém aqui que tá precisando urgentemente namorar....

4 comentários:

Anônimo disse...

tem que botar mulher nesse corpo...

Michael disse...

Cara, tá parecendo os micro-dramas da Dedé!

dinda disse...

porra!! usei esse livro na minha monografia... e foi bem útil!!!

Luiz Augusto disse...

Uai, aquele projeto está em andamento, não? Alguma evolução? Quando chegar vai ter reunião pra cobrar resultados!