20 dezembro 2006

Não existe coisa que eu odeie mais do que performances cretinas. São pessoas que tem necessidade de chamar atenção suprindo as suas necessidades. Deveria existir um estudo psicológico sobre esse tipo de artista, com certeza apontaria que eles são pessoas que tiveram pais ausentes e foram criados pela vó. Talvez revelasse também que eles torturavam animaizinhos quando eram pequenos......
Mas, voltando a vaca fria (muuuuuu), performances são um grito desesperado por atenção, por tentar fazer o público sentir alguma coisa, fazer o público se aproximar da obra.... bla, bla, bla....
Sei lá, pra mim isso é que nem as pessoas que falam cutucando o seu interlocutor. Elas sabem que o interlocutor não está nem aí para o que elas estão falando então ficam cutucando para chamar a atenção.
Se tu tiveres algo realmente interessante para dizer com a tua arte, não é necessário baixar as calças na frente de todo mundo, as pessoas vão prestar atenção naturalmente.

Dentro da definição do Forest Gump que "Idiota é quem faz idiotice".... bom, eu acho que eu não preciso dizer mais nada.
bjs

3 comentários:

Luiz Augusto disse...

Abusou no "...tu tiveres..." HUAHAUAHAUAH!

Mas performance faz sim parte do charme de uma boa arte. Tem q saber usar isso em favor do espetáculo.

Michael disse...

Artista plástico faz performances?
Como?

Giovana disse...

Essa eu gosto, talvez porque eu tb concorde, ehehhe.