23 novembro 2006

Minha mãe acha que técnicos de eletrodomésticos e, principalmente, os técnicos em informática (computador é um eletrodoméstico? ) são algo como xamãs, curandeiros e médicos em geral. Eles chegam, fazem umas mandingas, dizem umas palavras que a gente não entende e a coisa toda volta (às vezes) a funcionar.
bjs

3 comentários:

mamãe disse...

Um momento, retira a palavra "médico" daí! Gosto de pensar que ainda há uma lógica no que os médicos fazem e dizem, e, se perguntados, eles explicam para a gente o que está acontecendo com nossa saúde e porquê, que conseqüências terá cada tratamento,o que se pode fazer, esse tipo de coisa.Já o pagé do computador tem atuação misteriosa, mágica, ficamos sem saber o que acontece e porque acontece, é um desafio para a lógica de quem é leigo no assunto (acho que está aí o problema, lidar com coisas que não se entende). Consigo entender como funciona um ferro de passar roupa ou uma máquina fotográfica (das antigas, com filme), mas o funcionamento e o conserto do computador passam para um plano mágico, coisa no nível de FÉ!

Anônimo disse...

Um mecânico de automóveis estaria na mesma categoria de "pajé do computador"?

Afinal, ele pode mentir que trocou as peças X, Y e Z e 90% das pessoas não terão (ou não saberão) como verificar.

Luiz Augusto disse...

Nóóóó, doidimais véi! Sua mãe comentou no seu blog! Que isso, a minha mãe conseguir usar o skype já foi uma coisa FENOMENAL, mas duvido q um dia ela vai comentar no meu blog...

Aí, a historinha do Robô Escarlate tá muito boa véi! Engraçadassa!